Vale a pena investir em um cursinho de idiomas?

Quem não sonha em aprender um novo idioma? A maioria das pessoas hoje em dia já sabe a grande importância que é ter uma segunda língua em seu currículo, seja para melhorar suas chances no mercado de trabalho ou para fazer a viajem dos sonhos, tem ainda os que somente gostem de aprender línguas novas. Para todos esses casos a língua mais buscada para se aprender é o inglês, o idioma abre portas e é através dele que inúmeras portas se abrem, o idioma é um dos mais falados do mundo e por isso garante grande autonomia sabe como aprender ingles rapido.

Na hora de escolher a melhor forma para aprender o inglês os alunos esbarram em várias questões que podem atrapalhar no seu aprendizado uma delas é a questão dos valores, hoje em dia devido à grande procura por cursos de idiomas temos várias escolas especialistas que se dedicam somente ao aprendizado do inglês, contudo os valores são altos e o tempo médio de curso irá girar em torno de 2 a 4 anos dependendo do nível de inglês que você já apresenta e conforme o seu desenvolvimento no curso. Outro detalhe que chama a nossa atenção é que nos cursinhos ao contrário do que a maioria pensa não adianta simplesmente frequentar as aulas, é fundamental que o aluno se dedique em casa também.


O período das aulas é muito curto se comparado ao tanto de matéria que você precisa aprender, veja que estamos utilizando a palavra aprender, isso porque não adianta você somente decorar palavras e frases desconectas isso não irá te auxiliar na hora de aprender o idioma, somente irá lhe dar a falsa sensação que já sabe o conteúdo. ingles-iniciante

Porém no cursinho os alunos tem um incentivo a mais na hora de estudar em escolas de ingles, a cobrança do professor e o atendimento especializado por alguém que seja fluente em inglês e tenham pratica em ensinar é fundamental para o aprendizado do idioma além de deixar o conteúdo mais facilitado uma vez que o professor já tem mais experiência na hora de fazer a organização dos temas a serem ensinados. Para que o aluno seja fluente em inglês ou em qualquer outro idioma que ele deseja dominar é necessário que ele organiza tanto o seu tempo como o seu material de estudos.

O material que você utiliza para estudar é outra ferramenta importante a ser analisada, um material de qualidade promove um conhecimento atualizado sobre o idioma, já se o aluno tiver um material desatualizado ou incompleto o aprendizado pode ser comprometido e assim teremos o efeito reverso do que almejamos.

Na hora de escolher o seu cursinho fique atento as recomendações, converse com pessoas que já tenham passado por ele e veja o que elas acharam, se realmente conseguiram aprender, qual o método de aprendizado utilizado, analise também se o valor e os horários das aulas caberão no seu orçamento e em seguida realize a sua matriculo o quanto antes.

Como Escolher a Carreira Certa e Evitar Frustações

Conhecer sobre a profissão que deseja seguir é muito importante para evitar futuros arrependimentos

DICAS DE COMO ESCOLHER A CARREIRA CERTA

Se você está indeciso sobre a profissão que vai escolher, não se preocupe, essa dúvida é muito comum entre os jovens. Nesta situação, é imprescindível o autoconhecimento, suas habilidades e seus interesses pessoais. Confira algumas dicas para fazer a escolha certa!

  1. NÃO TENHA PRESSA

Escolher a profissão certa requer calma e atenção, o imediatismo é uma característica comum nesta época da vida, no entanto se você está em dúvida é melhor dar um tempo e aguardar o vestibular do próximo semestre ou do próximo ano. De qualquer modo, mesmo que você venha a mudar de carreira no futuro, não vale à pena perder tempo fazendo um curso do qual você não não se identifica. Por isso, pense muito bem quando for escolher sua profissão.

  1. CONHEÇA A FUNDO SUA ÁREA DE INTERESSE

Procure conhecer bem a si mesmo, liste seus principais interesses e talentos. Você gosta de humanas, exatas ou biológicas? Você é uma pessoa comunicativa ou introspectiva? Gosta de lidar com pessoas, números ou se interessa mais por pesquisas? Faça uma lista de suas preferências e habilidades, escolha cursos com os quais identifica mais e pesquise a fundo.

Imagine-se no futuro seguindo a carreira que escolheu. Como você se vê? Infeliz ou realizado profissionalmente? Pense nisso e escolha com cautela.

trabalho

  1. ESCOLHER UMA PROFISSÃO SÓ DEPENDE DE VOCÊ

Não deixe que seus pais e amigos decidam por você. É comum os pais escolherem a carreira de seus filhos, ou até mesmo os amigos influenciarem em suas escolhas.  Não permita, pois a escolha de uma carreira errada pode ter prazo de validade ou tornar-se um fardo futuramente. Cabe a você realizar seus sonhos.

No entanto, caso você faça a escolha errada você, desista do curso. Tire o tempo que precisar para pensar e analisar outras opções e reveja seus conceitos, assim que decidir o que realmente pretende fazer comece um novo curso. Nunca é tarde para desistir e recomeçar.

  1. PROCURE UM PROFISSIONAL E FAÇA UM TESTE VOCACIONAL

Escolher uma profissão entre os 17 e 20 anos é muito difícil, nós mal sabemos o que queremos como escolher um trabalho que, supostamente, irá nos sustentar pelo resto da vida? Se você está inseguro com relação a qual decisão tomar, o teste vocacional é uma das melhores opções.

Nessa etapa decisiva da sua vida, não é só com psicólogos que você pode conversar. Podem atuar como orientadores vocacionais todos os profissionais da área da educação, incluindo professores, diretores e coordenadores, além, é claro, dos profissionais que já estão no mercado.

Sempre quando surgirem dúvidas para as quais você não conhece as respostas, busque auxílio. Acredite nos métodos: você pode até achar que testes não funcionam, mas, quando menos esperar, uma área que desperta seu interesse e é compatível com seu perfil vai ser encontrada. Mantenha a calma, o foco e boa sorte!